terça-feira, 30 de junho de 2009

Nós Vamos Invadir Sua Praia

O ano: 1985. A banda: Ultraje a Rigor. O disco: Nós Vamos Invadir Sua Praia.

URpraia 1985 foi um ótimo ano para o desdobramento do rock nacional, além das bandas já estabilizadas no cenário como Blitz, Os Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho e Lulu Santos e a realização do grandessíssimo Rock in Rio, celebrava-se o lançamento dos álbuns de estréia do Ultraje a Rigor (Nós Vamos Invadir Sua Praia), Legião Urbana (Legião Urbana), RPM (Revoluções Por Minuto) e IRA! (Mudança de Comportamento), bem como o segundo disco do Kid Abelha (Educação Sentimental) e Titãs (Televisão).

Nós Vamos Invadir Sua Praia é considerado um marco da década de 80, responsável por emplacar na rádio sete hits: “Nós Vamos Invadir Sua Praia”, “Rebelde Sem Causa”, “Mim Quer Tocar”, “Ciúme”, “Inútil”, “Eu Me Amo“ e “Independente Futebol Clube”. O disco ainda teve uma excelente propaganda, quando Os Paralamas do Sucesso tocaram a música “Inútil” no Rock In Rio, ajudando no burburinho em relação ao Ultraje.

O álbum tem os arranjos característicos no trabalho da banda, baseados no rock básico e envolvente, sem grandes firulas e altamente inspirado no som dos anos 50, concatenado aos clássicos Rolling Stones, Beatles e Black Sabbath. Imperdível!

O Disco faixa a faixa:

1. "Nós Vamos Invadir Sua Praia" (Roger Rocha Moreira): Um escrachado vocal casando com um ótimo arranjo de guitarra, que e uma ode a inclusão social, onde todos tem o mesmo direito à diversão. “Agora se você vai se incomodar, então é melhor se mudar. Não adianta nem nos desprezar porque se a gente acostumar a gente vai ficar”.
Ultraje2. "Rebelde Sem Causa" (Roger Rocha Moreira): Canção que critica a vida dos mauricinhos, playboys e garotos mimados que adoram reclamar da vida. Ótima! “Meus pais não querem que eu fique legal. Meus pais não querem que eu seja um cara normal”.
3. "Mim Quer Tocar" (Roger Rocha Moreira): Um reggae tropical que ressalta o valor do dinheiro em nossas vidas. “Mim também quer ser bacana (bacana!). Mim quer tocar. Mim gosta ganhar dinhero (dinhero!)”.
4. "Zoraide" (Roger Rocha Moreira): Longe do machismo e perto do desgaste nos relacionamentos, simples assim. Rock básico e certeiro! “Fica com esse NHÉM-NHÉM-NHÉM na minha orelha, me chateia. Eu já não agüento mais. Quero fazer o que me der na telha. Zoraide, vê se não me pentelha”.
5. "Ciúme" (Roger Rocha Moreira): Uma das melhores músicas do Brock. Arranjo envolvente e vocal inspirado, que diz que ninguém é de ninguém, mas que no fundo morre de ciúme! “Eu quero levar uma vida moderninha, deixar minha menininha sair sozinha. Não ser machista e não bancar o possessivo, mas eu me mordo de ciúme”.
6. "Inútil" (Roger Rocha Moreira): Outra envolvente canção que critica o modo de vida Brasileiro mirando a política, futebol e sociedade. O descontentamento pelo “tá tudo bem”e nossa síndrome de cachorro vira-lata, como diria o escritor Nelson Rodrigues. Sensacional hino! “Inútil! A gente somos inútil!”. 
7. "Marylou" (Edgard Scandurra/Maurício/Roger Rocha Moreira): Aqui o tema são as meninas galinha, não as que botam ovo, se é que elas existem e sim as que a gente papa, e logo outros já estão papando e por aí vai. “Eu tinha uma galinha que se chamava Marylou. Um dia fiquei com fome e papei a Marylou”.
8. "Jesse Go" (Maurício/Roger Rocha Moreira): Critica a capacidade de criarmos ídolos com pés de barro, sem talento, fúteis e inúteis culturalmente e moralmente. O título da canção é uma ótima sacada, sugerindo que o Jesse de todos os dias se vá! “Essa é a triste linerlmchistória de Jesse Go, que em sua rápida trajetória, se atrapalhou com a própria glória e sumiu da nossa memória”.
9. "Eu Me Amo" (Roger Rocha Moreira): Tudo dará certo quando primeiro, você se amar, receita simples! “Era tão simples e eu custei prá aprender. Daqui prá frente nova vida eu terei, sempre a meu lado bem feliz eu serei”.
10. "Se Você Sabia" (Roger Rocha Moreira): O efeito colateral da liberação sexual, uma brincadeira com a gravidez indesejada e a falta de proteção. “Se você sabia, que não podia naquele dia, porque não me avisou? O que seu pai vai dizer, quando ele perceber sobre você. Vai se aborrecer. Vai querer me bater”.
11. "Independente Futebol Clube" (Roger Rocha Moreira): Registro ao vivo de uma canção que se destacava nos shows do início de carreira. Lema: Do yourself. Mais uma do tema ninguém é de ninguém, mesmo que acabe se tornando um contra-senso. “Se a gente tá assim, comendo capim é porque a gente quer. E se não quiser. Nós somos livres. Independente futebol clube”.

Formação da banda à época da gravação:

Roger Rocha Moreira - voz e guitarra
Carlo Bartolini (Carlinhos) - guitarra
Maurício Defendi - baixo
Leôspa – bateria

Produção e arranjos: Liminha e Pena Schmidt

Gravadora: Warner Bros

Mimos:

Clique aqui para ouvir Nós Vamos Invadir Sua Praia versão Remix.

FIB3-logoClique aqui para ouvir Rebelde Sem Causa versão Remix.

Clique aqui para ouvir Nós Vamos Invadir Sua Praia versão da Pitty. 

Saiba mais sobre o Ultraje a Rigor aqui.

A banda toca Festival de Inverno neste final de semana, saiba mais aqui.

Ultraje a rigorSite Oficial do Ultraje a rigor

4 comentários:

Daniel Farinha disse...

Excelente disco... impecável...

Carlos Henrique. disse...

O Ultraje sempre foi o maior exemplo de um rock, descolado, de humor (muito bom por sinal), bom para dançar e ao mesmo tempo com uma função social importante ao abordar alguns problemas sociais brasileiros como por exemplo o da alienação. Bom exemplo do rock dos anos 80.

Abraços a todos;
Carlos Henrique.

kArEn disse...

Sou suspeita, pois sou mto fã de Pitty, mas adoro a versão dela.
Mas claro, a original tbm.

Renato Nunes disse...

Cara, não era raro acontecer festinhas em que esse disco rodava inteiro. Pra se ter uma idéia, o Thriller do finado MJ se tornou o maior disco da história da indústria ao emplacar, se não me engano, três hits que se revezavam entre os três primeiros lugares das paradas da vida por um bom tempo. Esse do Ultraje só não emplacou Jesse Go desse disco, todas as outras foram "o maior sucesso nacional".

Belo resgate, sem esse disco, a história do rock brasileiro seria outra.

abs

by TemplatesForYouTFY
SoSuechtig, Burajiru