sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Brasília, um desabafo! (TV Digital, Turismo, Cinema, Blu-Ray...)

Brasília, a capital federal, tecnologicamente e turisticamente falando, nada mais é que uma bela província. Paradoxalmente nos encaixamos como um dos maiores PIB's do país, mas do que nos serve tanta badalação em cima de números se estamos ali, no limite da alienação e do esquecimento? É incrível como o "status" de capital não nos sirva para nada, além da referência aos acordos políticos por baixo dos panos que com certeza beneficiará os interessados e nunca o povo.

Governo e empresas configuram na cidade um retrato de desleixo total, nos tratam como animais no pasto, provendo a nós apenas o "essencial" que para eles é o ideal. Será que estou sendo radical?

Vejamos alguns exemplos:

Responsabilidade Governamental.

A TV Digital: Ao adquirir uma Televisão pronta para a transmissão digital (HDTV), seja ela de Plasma ou LCD, você sonha com as imagens "limpas", som cristalino e a tão falada interatividade. Brasília? Não, você não pode contar com essa tecnologia, sabe por quê? O Governo do Distrito Federal, segundo o Ministério das Comunicações, perdeu a época da implantação no país, os prazos contratuais e técnicos para a transmissão digital na cidade, o imbróglio acarretou em uma ideia absurda, a construção de uma antena no alto do Grande Colorado em Sobradinho, para fins turísticos, denominada A Flor do Cerrado, desenhada por Oscar Niemeyer, esse tal projeto turístico está orçado na casa de 20 milhões. Um contrasenso se levarmos em consideração, que uma cidade turística como Brasília, não pode nem atender seus turistas na famosa Torre de TV, porque os elevadores que transportam o público ao mirante estão quebrados. Vão construir mais uma torre?

As emissoras de TV estavam providenciando ("vaquinha") uma antena provisória para inaugurar a transmissão digital no aniversário de 49 anos da cidade em 21 de abril de 2009, mas conforme matéria publicada no Correio Braziliense em sua edição de 10 de janeiro do mesmo ano, os altos custos inviabilizaram o projeto, então, contamos com a sensiblidade, boa vontade e velocidade do Governador Arruda, secretariado e empreiteiros, para quem sabe em 2010 consigamos ao menos, assistir ao encerramento do maior evento esportivo do ano, a Copa do Mundo na África, porque se depender dessas "grandes idéias", provavelmente será a última cidade do país a contemplar o futuro digital. Há de convirmos que em plena era tecnológica assistir Copa do Mundo no sistema analógico seria uma grande piada.

Turismo: A falta de conservação, manutenção e limpeza é incrível! Moramos numa cidade turistica monumentalmente abandonada. Além da Torre de TV citada acima, temos a Catedral entregue aos vidros quebrados, a Praça dos Três Poderes imersa na podridão em monumentos caindo aos pedaços. O Complexo Cultural? Vejamos, a biblioteca não funciona, não tem nem o livro de visitas, nem um café ou lanchonete foi inaugurada no local e a área de exposições (conhecida como forno de pizza, estrela da morte ou capacete) está fechada! As férias não sensibilizam as autoridades nem em um ambiente como o Parque da Cidade, este que já sofre de problemas estruturais conhecidos inaugura mais um capítulo no descaso, a área destinada aos brinquedos, como o tradicional "foguete" continua fechada, interditada inclusive por ser perigosa ao uso dos pequenos, mas porque essa reforma nunca está pronta? Pais e crianças merecem um espaço de interação, de troca de energia. A piscina de ondas está entregue as ondas da destruição e aos mosquitos da dengue, assim como outros pontos do parque. O planetário que fica em outro ponto da cidade, perto da Torre de TV, desde o início deste Governo tem a promessa de reinauguração. O Teatro Nacional está em reforma que não acaba nunca, e os problemas não só no exterior, o interior do teatro também está bem "surrado".

É um trabalho árduo para o Governo, mas a dificuldade existe porque em nenhum momento se preocuparam com a manutenção, será que é mais fácil ver um monumento ou espaço atingir a destruição total do que mantê-lo?

Já que não podemos nos divertir, vamos trabalhar então, que tal conseguir um emprego na cidade digital? Não, não vamos! O tão aguardado Parque de Inovação Tecnológica com inauguração prevista para 2008, julho de 2009, agosto de 2009, sabe se lá Deus quando! Não tem uma máquina sequer trabalhando, os 40 mil empregos a serem gerados no setor, previstos pelo GDF, só sairão do papel se for na frente de trabalho dos que irão capinar a área.

Afinal, a resposta do Governo é sempre lacônica, do tipo, estamos providenciando licitação, promovendo estudos e etc. Mas o resultado.....

Responsabilidade Privada, o que custa nos oferecer um mínimo?

Cinema: A nova onda agora são os filmes em 3D, não aquele formato antigo dos óculos com duas lentes em celofane, uma azul e outra vermelha, e sim uma nova tecnologia que dá mais realidade ao efeito que nos transporta a terceira dimensão. Quer assistir aqui, na cidade? Complicado, pois a sala em 3D mais perto de Brasília foi inaugurada em Goiânia neste mês de janeiro e outra estará em breve sendo inaugurada. Por aqui? Nem sinal! Os filmes neste formato são a grande sensação e serão exibidos vários outros títulos tais como:

* Coraline e o mundo secreto (Universal) - Fevereiro 2009 
* Monstros vs Alienígenas (Paramount) - Abril 2009 
* Era do Gelo 3 (Fox) - Julho 2009 
* Força G (Disney) - Agosto 2009 
* UP (Disney) - Setembro 2009 
* Toy Story (Disney) - Outubro 2009  - Reexibição
* Avatar (Fox) de James Cameron - Dezembro 2009 
* Dia dos Namorados Macabro (ainda sem data prevista) 

Interessante! Fora os que perdemos no ano passado, vamos perder estes também.

O Grupo Severiano Ribeiro (inaugurou a sala 3D em Goiânia) sequer conseguiu autorização para certificar seus cinemas em THX (alto padrão de som desenvolvido pela empresa de George Lucas), quem dirá inaugurar o cinema 3D em Brasília, ano passado fizeram uma reforma que denominou os cinemas de Parkplex, mudando apenas as fachadas, pois as projeções escuras, as cadeiras rangendo e o som ruim continua na maioria das salas. O Cinemark (está inaugurando um sala 3D em Goiânia) que era uma promessa de revolução, não passou disso, hoje vemos belos cinemas às moscas sem se reinventar tecnologicamente. Algumas das melhores salas da cidade, em questão de conforto e parte técnica, estão no grupo Embracine, que pelo jeito também nem faz sinal de que irá investir em pelo menos uma sala com tecnologia em 3D.

Blu-ray: Já que a TV Digital é um sonho, que tal aproveitar sua TV de alta definição para assistir alguns filmes no formato Blu-ray? A briga vai ser feia, apenas três lojas na cidade estão vendendo títulos no formato, três que se somadas, não valem por uma. A FNAC praticamente ignorou os títulos lançados no país de forma "oficial", qualquer título que se pergunte na loja a resposta é sempre a mesma, não tem, não chegou ou sem previsão. E o destaque negativo não fica por aí. Ela insiste em inúmeros títulos importados sem legendas em português e a preços absurdos! Uma segunda alternativa seria a Livraria Cultura, que até tem conhecimento dos títulos nacionais, mas é um festival de: só temos para encomenda, então, haja paciência! A loja da Sony inaugurada há pouco tempo tem alguns títulos oficiais mas o estoque nunca é renovado com novidades.

Colecionar ou alugar filmes na cidade é um tremendo martírio! A pirataria se alastrou por cada fresta, então incruada, desleal, acaba fechando várias locadoras a cada mês, afinal, a concorrência é desleal. A esperança no blu-ray só será profícua se as empresas como as citadas acima colaborarem.

Nossa, desculpe o desabafo! Mas é terrível você amar uma cidade e vê-la entregue ao descaso público e privado. Isso que eu nem citei a luta ferrenha que é a de produzir cultura, ter um atendimento médico descente, procurar segurança ou cuidar da educação, esse pontos aqui dariam outro texto imenso.

Um abraço a todos, vamos no unir e colaborar no que for possível para um mundo (Brasília) melhor! Feliz 2009!

7 comentários:

esfolando disse...

Na real, só tem gente incompetente fingindo que trabalha. É tudo "atrasa lado"!

Daniel Bastos disse...

E agora tem a tal da Praça da Soberania, que vai levantar uma estrutura gigantesca que cortará a visão limpa da Esplanada a partir da rodoviária. Fotógrafos, aproveitem os últimos anos, contando com o atraso da obra.

Cristiano Castor Troy disse...

@Daniel Bastos: Cara, Brasília realmente é uma província, e o Niemeyer é o rei. Td que esse véio inventa o governo aprova!
Esse arquiteto "redescobriu" uma nova mina de ouro que é a nossa cidade.
Como diriam Os Melhores do Mundo: "o Niemeyer já morreu, só ele não sabe ainda!"

Carlos Henrique disse...

Concordo com tudo o que foi dito na matéria. Entretanto, existem outros pontos que não foram colocados que fazem com que a afirmação de que Brasília é uma província seja apenas parcialmente uma verdade.
Primeiro, na questão da saúde. Sabemos que a saúde no Brasil é uma questão problemática. E Brasília não é excessão. Entretanto, pessoas do Brasil inteiro, ou quase, vem se tratar aqui. Prefeitos que pegam verba para a saúde, sabem para quê? Para fazer hospital? Erraram. Para comprar ambulâncias para trazer as pessoas para se tratarem aqui. Por isso a super lotação dos nossos hospitais, em especial o de Base. Porque com todos os problemas que aqui tem, Brasília ainda oferece uma melhor estrutura do que é oferecida no estado de origem do cidadão, da cidadã.
Outro ponto. Brasília, mesmo com os pontos colocados no post ainda é uma das melhores cidades no que diz respeito a oferta de bens e serviços. Aqui Caixa Eletrônico tem em qualquer buraco da cidade. Banco do Brasil mesmo, toda Cidade Satélite tem ao menos um banco e ao menos um caixa. Fortaleza mesmo, vc tem que andar pra caramba para encontrar um Caixa Eletrônico. Estive o ano passado em Goiânia, e pasmem. Precisei de uma farmácia em um dia de domingo, e rodei quilômetros e quilômetros para encontrar uma farmácia aberta. O que de fato, não acontece aqui. Vc nem precisa pegar o carro, porque no comércio mais perto da sua casa, tem uma farmácia aberta, seja dia de semana, sábado, domingo ou feriado. O comércio todo ou quase, funciona em qualquer dia da semana. Supermercados 24 horas tem vários. Não é em toda cidade que isso acontece camaradas.
Tudo isso contribui para uma boa qualidade de vida que temos aqui.

Carlos Henrique.

Carlos Henrique disse...

Para finalizar. Em Fortaleza mesmo, o comércio não funciona o dia de sábado inteiro como funciona aqui.

Anônimo disse...

^^ Acho que existe muitas pessoas desinformadas, e Brasília já tem uma sala de cinema 3D, localizada na Academia de Tênis.

Nossa depois falam da cidade, sem antes de falar algo, procure se informar.

E eu nem vou mencionar, no inicio da construção do 1o Imax da região Centro Oeste. Que vai ser localizado a beira do lago, bem próximo do Pier 21.

Cristiano Castor Troy disse...

Oi anônimo, como vai?

Vou procurar saber sobre essa sala 3D no cine Academia, o problema é que nem as distribuidoras de cinema sabem disso, pq nenhum filme 3D sequer estréia na cidade.

Em relação ao IMAX, excelente notícia, espero q inaugure logo!

Um abraço!

by TemplatesForYouTFY
SoSuechtig, Burajiru