sábado, 20 de dezembro de 2008

GOG ConVIDA - Cobertura NRDR

Olá caros leitores, Salve todos!

Este espaço que tem como objetivo divulgar a cultura de nossa cidade teve nos dias 13 e 14 de dezembro, último fim de semana, a grande oportunidade de cobrir um evento promovido pela UnB e o Rapper Brasiliense GOG.





A Universidade de Brasília representada pelo Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares (CEAM) e o Observatório da Juventude em parceria com o Genivaldo Oliveira Gonçalves (GOG), teve a coragem de promover um projeto entitulado GOG ComVIDA!

Este projeto tem como objetivo divulgar o movimento Hip Hop com oficinas de DJ, MC, Produção Musical, Grafite, Oficina de Bonecos para as crianças, História do Hip Hop, Break e principalmente mostrar o Hip Hop não só como movimento cultural e sim como filosofia de vida.

O projeto tinha uma visão ambiciosa e montou uma estrutura para atender 70 pessoas nos cursos, infelizmente veio menos da metade do que a estrutura suportaria.

Talvez pela data, divulgação, local, ou outra coisa, isto a equipe responsável analisará e com certeza na próxima edição será contornado, o que não pode é desistir, pois as pedras no caminho aparecerão, então vamos guardá-las e um dia construíremos um castelo.

Façamos a nossa parte, e se mudarmos a trajetória de uma pessoa, pode ter certeza será muito bom, apesar de parecer pouco, para a pessoa que teve sua vida alterada por um projeto deste é muito, tenham certeza absoluta disto.

Sendo assim não desistam, muitas vezes os maus vencem, porque os bons desistem. E o Hip Hop não vai desistir NUNCA!

O projeto ocorreu na Escola Classe 07 do Guará II, no sábado de manhã ocorreu a oficina de DJ, com grandes nomes da cidade mostrando o que sabe para os cursistas que estavam de olhos, ouvidos e corações abertos.

O que chamou a atenção da equipe do NRDR, que estava ali representada por Daniel Farinha e Tiba4P, foi a pouco presença feminina no curso. Mas o que foi dito pelos professores do curso é que isto tem mudado com o avanço do tempo, mas as participantes ainda pensam que o mundo da Discotecagem é machista.

O curso não se prendeu somente na parte técnica e histórica do profissional dos toca discos, e sim como um dos DJ's mesmo falou:

- Usar a arte para a integração das pessoas com suas inteligências, potencialidades e limitações.

Pois a preocupação do curso não é formar um super DJ, se formar ótimo, mas fazer com que as pessoas possam ter a possibilidade de ser conhecer e se reconhecer, pois uma das bases que se deixou transparecer não só pelas as ações foi:

"A palavra transforma não só pessoas, mas situações e formações!"

Uma outra oficina interessante foi sobre a história do Rap, a parceria fundamental entre DJ e MC, como por exemplo Thaíde e DJ Hum e claro, KLJ e Racionais MC's.

Na apostila que foi distribuída para os participantes estava de forma resumida a história dos elementos do Hip Hop e suas contribuições, e principalmente sobre a importância da história para se conhecer melhor dentro da sociedade.

Tentando mostrar o respeito sobre a diversidade cultural e intelectual, uma grande sacada foi a Oficina de Produção Musical, mesmo usando termos técnicos para a leigos a oficina foi bem proveitosa, com exemplos de mixagem, equalização, produção, estúdio, talento, estrutura, bases e letras.

Houve uma oficina muito boa sobre métrica, melodia, rima, estrofe, e tudo que compõe uma letra de música. O encontro termina com uma apresentação totalmente intimista do GOG, na verdade não uma apresentação, mas sim uma festa em família, a família Rap, a Família Hip Hop, a família GOG...

Os participantes da Organização do evento tem uma formação acadêmica diversificada de vários cursos da UnB, e várias opções musicais, gente que gosta de Rap, gente que não conhecia o Hip Hop e tudo mais. Mas uma coisa é ponto comum, todos estão adorando trabalhar no projeto, e conhecer uma Brasília desconhecida para muitos.

Para encerrar, quero agradecer de coração para os participantes: GOG (Idealizador), Lavínia (Organizadora), Klaus, Luciana, Bruna e os outros estagiários que são os braços fortes que sustentam toda uma estrutura para que o projeto prossiga, que tenho certeza vai continuar no ano que vem.

Aos palestrantes que enriqueceram este encontro com suas experiências, palavras e atitudes.

Muito Obrigado!

E se assim for, no ano que vem estaremos juntos novamente!

Salve a todos!

PS Texto de Daniel Farinha e Tiba4P

1 comentários:

*~Hannah Islanne ~* disse...

Pô muito massa!!!

by TemplatesForYouTFY
SoSuechtig, Burajiru