terça-feira, 16 de setembro de 2008

Torneira Fechada, agora só ano que vem!

Um evento com pontos positivos para um público negativo, foi o que aconteceu sábado (13/09/08) no Arena Futebol Clube. A 2ª Edição do Torneira Mecânica apresentou estrutura funcional, intimista e bem distribuída, enfim, uma boa proposta completada pelo som de garagem bem equalizado, iluminação padrão para o tamanho do palco e em relação a este, baixinho e ótimo para integrar bandas e platéia. A produção cumpriu o que prometeu,  diversão de primeira e o público pífio da capital novamente deixou a desejar. Uma pena! Espero que os produtores não desanimem o público aprenda a prestigiar.

As Bandas/Os Shows:

Goballa1 cópia Goballa2 cópia

Goballa: A banda da linda Janine"nina" fez um show competente e dançante, animando o pequeno público presente. A galerinha está animada e se preparando para lançar um cd demo. Saiba mais: MySpace / Orkut.

High1 cópia High2 cópia

High High Suicides: Não conhecia e me surpreendi. Garage Rock competente e ora veloz. Ótima opção para os palcos da cidade. Parabéns André! Lets Rock! Saiba mais: MySpace.

Watson1 cópia Watson2 cópia

Watson: Me diverti à beça com os caras competentes e sarcásticos que tem um "Q" de anos 80. Saiba mais: MySpace.

Lucy1 cópia Lucy2 cópia

Lucy and the PopSonics: Tem gente que gosta! Saiba mais: Site / MySpace.

Etno1 cópia Etno2 cópia

Etno: Excelentes músicos, banda entrosada distribuindo energia, misturando ritmos, línguas e responsabilidade social encapsulados em um som pesado, ensaiado e pronto para fazer polgar. Tem tudo para arrebentar! Saiba mais: MySpace / Orkut / Site.

Geriao1 cópia Geriao2 cópia

Bois de Gerião: O ska dos caras evoluiu. Os Bois apresentaram um espetáculo divertido de uma banda divertida que quer fazer o público se divertir. Rafael e companhia são competentes e merecem melhores lugares na mídia. Saiba mais: MySpace / Orkut / Site.

Wander1 cópia Wander2 cópia

A foto acima: A escalação segundo a platéia: Senhor Myagi, Cafona e Cássia Eller. Na realidade Jimi Joe, Wander Wildner e Geórgia Branco.

Wander Wildner: Já foi um ícone punk, ainda tem uma veia punk, mas o cara é chato como um funk carioca! Admito que o show foi bacana, mas o Wander é um pé no saco que não respeita e nem se importa com os fãs. O estrelismo é tanto que o gaúcho chegou ao cúmulo de ficar de cara feia quando a sua baixista se cobriu com uma bandeira do estado do Rio Grande do Sul, bandeira do seu estado natal, insistentemente ignorada enquanto um fã a tremulava. Paciência! Ele é cafona mas é bem divertido! Gostei mas não aprovo. Para saber mais: MySpace / Site / Orkut.

The Pro: Infelizmente não rolou o show porque rolou algum "the problm", prometeram se redimir realizando um show gratuito para compensar, ainda bem!

Marcos Pinheiro: O apresentador da noite, o cara é um desfibrilador ambulante do rock candango, não o deixa morrer! Está sempre em shows, festivais, rádio Cultura, programa Cult 22 e etc. Obrigado cara!

Crédito das fotos: Cristiano de Queiroz. Clique nas mesmas para visualizá-las e tamanho maior. Se precisar de outras fotos, é só entrar em contato.

12 comentários:

salivaabsinto disse...

Prometo q no proximo eu vou =D

putz q massa um show de graça do The Pro \o/

bjihos

janιne disse...

eu gostei...apesar de uns poréns e tal....ms confesso que gostei mais da banda Goballa HEUHEU :P
bjo rapaz!

Lucas disse...

opa! Lucas guitarrista "cinza" do goballa por aqui! como faço pra pegar o resto das fotos!
ótimas criticas!
;D
um abraço!

Lucas disse...

msn microow@gmail.com
email: microow@gmail.com

hehe
o/

Anônimo disse...

Com relação ao Wander, nunca é demais lembrar a tremenda falta de educação do PÚBLICO! Invadir palco, jogar latinha no placo. Qual é? Acorda Brasília! Por essas e outras que a Legião passou aqui em 88 e nunca mais voltou!

Daniel Farinha disse...

huahuehauehauehauheauheuahe

Latinha no palco é sacanagem... isso tinha q ser exclusividade de Carlinhos Brown (pronto... agora vai vir um monte de viúva defender o baiano...)

huehauehauehauhe

O público, sendo maioria ou não, reflete a (des)educação generalizada que não respeita o próximo. Não gosta do cara, ou vai embora ou fica de boa. Vaiar tb é legal, mas nunca ofensa física...

Abraços,

Daniel Farinha - Prof. de Fundamentos de Ética e Moral

Cristiano Castor Troy disse...

Acho válida as críticas do Sr. Anônimo, concordo que má educação não está com nada.

Só que o contexto do show do Wander foi diferente.

1) Os sujeitos que invadiram o palco, invadiram como fã e não para tumultuar, esse tipo de invasão acontece até nos shows do Roberto Perneta Carlos.

2) As latinhas dirigidas ao palco não foram em direção do Sr. Wander e banda, e sim na direção de um desses q invadiu o palco e estava cantando, ou tentando cantar uma música!

Abração!

salivaabsinto disse...

Oia o Go balla por aqui!
=D

salivaabsinto disse...

Gente cm ele deixa o msn dele assim?


/vontadedepegar

SarahGirardi* disse...

O melhor foram o Bois ^^
E a companhia =DD
Bjsss

Anônimo disse...

wander wildner de cú é rola!

Reginaldo disse...

Pessoal, bom lembrar que jogaram latina no cara que invadiu, não no Vander! É que eu já estava bem "high" nesta hora. De qq modo, fica a retificação.

by TemplatesForYouTFY
SoSuechtig, Burajiru