quarta-feira, 23 de julho de 2008

Porão do Rock - Edição 2008

Está chegando!!! Dia 1º e 2 de Agosto!!! Mais uma edição no Estacionamento do Mané Garrincha. Para mim, o Festival Porão do Rock é uma icógnita incógnita.

Escrevo ao som de Fábio Júnior e me recordo que em 1999, ainda na Concha Acústica, foi a primeira edição do festival que eu fui. A de 1998 eu nem me lembro de ficar sabendo. Histórico pois foi a volta da Plebe Rude depois de um hiato de quase 10 anos sem tocar com a formação original: Phellipe, André X, Jander e Gutje.

Eu era um recém-universitário que ouvia Até quando esperar há 5 anos (consciente, inconscientemente tinha mais de 10 anos) mas sem praticamente conhecer a banda. Conhecia também Sexo e Karatê, mas quando descobri da volta da Plebe Rude no festival, sabia que aquele era um momento importante para o BRock. O show foi fenomenal. Nem parecia que só havia ocorrido um ensaio de duas horas de ensaio antes do show. Tocaram todos os clássicos. Todos da banda estavam visivelmente satisfeitos e emocionados. Aquele dia, o palco superou as diferenças pessoais.

Daquela edição também aproveitei muito o show do Maskavo Roots, que a época tinha na MTV o clipe de Djorous constantemente em sua programação. Mas isso faz tempo, era uma época que eu assistia a MTV e nela passava clipes de música. Estranho, né?? Os tempos mudam... De todas as outras zilhões de banda que eu não conhecia, apenas me lembro da performance da Rarabichuebas. Talvez porque tinha uma mulher gostosa no contrabaixo e eles cantaram a famosa Margarete, música difundida no underground Brasiliense dos anos 90.

Depois disso, não fui nem em 2000, nem 2001. Nessas duas edições, queria ter visto as apresentações de Raimundos, Os Cabeloduro, Sem Destino e Lobão (2000) e Ratos de Porão, Bidê ou Balde, Mundo Livre S/A, 10Zer04 e Detrito Federal (2001).

Em 2000 queria ter visto o show do Bois de Gerião... HÁ!!!! PEGADINHA DO MALLANDRO!!! TÁ DE SACANAGEM!!! BOIS DE GERIÃO É MUITO RUIM!!! INFELIZMENTE TIVE QUE SUPORTÁ-LOS NO PORÃO DE 99.

Bem... continuando... a aritmética é uma ciência... há... texto errado... vamos lá... já em 2002 não fui porque eu estava viajando nos dias do evento. Foi o ano que teve Sepultura, o que vale pela história. Queria ter visto Comunidade Nin-Jitsu.

Entretanto, em 2003, eu nem me lembro se fui ou não. Creio que não, pois como teve show do Paralamas do Sucesso, era bem capaz de eu recordar. No restante, só vale destacar a primeira aparição de Pitty nofestival.

2004 foi o ano da pedrada no baterista do Supla. Queria ter ido ver o show dele, mas não deu. Vocês já devem está reparando que Porão do Rock não é meu forte. Mas continuemos a saga. Naquele ano, grandes atrações como O Rappa, Marcelo D2, Cachorro Grande e Lobão. Desses, apenas Lobão eu queria ter visto. Marcelo D2 tinha alguma coisa para falar quando era do Planet Hemp. Esse negócio de procurar a batida perfeita tem jeito de As dez mais dos Titãs... não presta. E eu sofro de um bloqueio mental em relação a`O Rappa. Os caras são muito bons, agitam a galera, letras excelentes, presença de palco fantástica, mas eu não me empolgo... é estranho... tipo uma mulher muito gostosa te querendo, você sabe da competência dela, mas na hora H, broxa-se. Só quero deixar claro que isso nunca aconteceu comigo. Aconteceu com o melhor amigo de um amigo meu. 2004 teve também uma tal de Peligro, que era uma banda de um não-sei-quem aí que já tocou em não sei aonde... mas tá aí né... Peligro... famosíssima banda. Já teve clipe no Fantástico? Desculpe meu desconhecimento.

2005, pra variar, eu fui!! MASSACRATION!!! Cara, sabe o que é ir num show do MASSACRATION?? Então, eu não sei porque o show deles foi na sexta e eu só fui no sábado, assistir Plebe Rude e Pitty. Dois inesquecíveis shows! O da Plebe pela estréia do Clemente, o da Pitty pela minha companhia. Mesmo assim, é sensacional ver uma banda como o Massacration como atração principal (odeio o termo headliner!! Headliner é a cabeça do meu pau). Tipo, eles são uma banda de sátira, extremamente inteligentes e tocaram na "Noite Metal"... é bacana ver os metalúrgicos rindo das próprias tosquices. Domingo teve Barão Vermelho e aquela banda que toca Anna Júlia. Eu não vou a eventos que têm aquela banda que toca Anna Júlia, o Barão pagou o pato. Não que eles tenham se importado com a minha ausência. É só uma constatação.

Ano de 2006, também não fui, apesar de ter Titãs e Ultraje a Rigor. Comecei a reparar que show em festival é uma coisa complicado. Ir apenas por uma ou duas banda pode custar caro. O show normalmente é curto, você acaba esperando horas para ver a atração tocar, suportar um monte de coisa

2007, mais uma vez, eu não fui. Entretanto, dessa vez, não foi culpa minha. Não escalaram nenhuma banda razoável para eu curiar. Tinha Inocentes, mas fica para a próxima.

Este ano irei para cobrir o festival aqui pro NRDR. Finalmente alguém de alto garbo e elegância para escrever sobre o festival. Eu aposto em Mundo Livre S/A e Pitty. O Bastos já falou aí do Muse, que eu, na minha óbvia ignorância, não conheço. Tem também Matanza e D.F.C. que podem me surpreender. No restante, vou lá pra dar uma conferida, rir das tosquices e tentar fazer umas gracinhas.

Maiores informações, clica aqui. Site oficial do Porão do Rock, clica onde eu escrevi Porão do Rock antes. Nos vemos lá!

3 comentários:

Hannah disse...

odeio MUNDO LIVRE s/a,Pitty vai ser foda,Muse é do caralho,matanza é perfeito!sim essa é minha opinião!De resto tem umas bandas q sao undergrounds q vou conhecer,outras q ja conheço,como o Circulo, e acho muito bom!é pois é,espero q os meninos tbm façam a cobertura!Eu gosto da cobertura deles saca,enfim!

Daniel Bastos disse...

Eu vou no dia 2, se eu conseguir anotar pelo menos o setlist do Muse eu te mando, hahaha!

Hannah disse...

Eu tbm vou
auhasuhuhassauh

eu quero é o setlist,a folha cm objeto de recordação ushuashuahs

qlq coisa estamos aqui!

by TemplatesForYouTFY
SoSuechtig, Burajiru