segunda-feira, 16 de novembro de 2009

O Cerrado Virtual vem em sua 6ª edição com força total!

image001

CERRADO VIRTUAL TRAZ PUBLIC ENEMY A BRASÍLIA

public-enemy

 Public Enemy

8 cópia

O Rappa

O Cerrado Virtual desta vez meteu o pé na porta, traz a cidade o hip hop gringo do Public Enemy, os fluminenses O Rappa e Marcelo D2 e o peso da ótima banda goiana Black Drawing Chalks, além de outras atrações. A festa acontece nos dias 27 e 28 de novembro (sexta e sábado), a partir das 19h, no estacionamento do estádio Mané Garrincha promete!

Aguarde a divulgação oficial dos horários, e como eu irei publicando informações até o dia do evento, curta abaixo o release oficial:

Pioneiro mundial do movimento rap/hip hop e na estrada desde 1982, o lendário grupo norte-americano Public Enemy estará pela primeira vez em Brasília como uma das atrações da sexta edição do Festival Cerrado Virtual – Arte, Música e Consciência Ambiental.
Com o núcleo principal formado por Chuck D, Professor Griff, Terminator X e Flavor Flav (que atualmente protagoniza um reality show transmitido no Brasil pelo canal VH1), o Public Enemy se apresentará com exclusividade no país dentro da primeira noite do evento (27/11), com show previsto para ter início as 23h.
O Cerrado Virtual tem por objetivo reunir nomes de variadas tribos musicais, do rock, pop, rap/hip hop, black music, reggae e eletrônica, além de desenvolver intenso trabalho de conscientização ambiental em prol do cerrado, integrando o calendário de eventos das comemorações dos 50 anos de Brasília. A edição 2009 contará com megaestrutura, com mais de três mil metros quadrados de área coberta, dois túneis interligados, praça de alimentação, dois grandes palcos, tenda com DJs, decoração especial e telões com projeções sobre o cerrado.
São mais de 30 atrações, entre bandas, artistas solo e DJs locais, nacionais e internacionais, que se dividirão entre três espaços distintos: os palcos Cerrado Virtual e Tom Capone e a Tenda Mix. Entre os demais nomes do festival, estão O Rappa (RJ), Marcelo D2 (RJ), o projeto Instituto (em tributo a Tim Maia), Turbo Trio (com BNegão), Black Drawing Chalks (GO), Manjahro (DF), Tropa de Elite (DF), Jah Live (DF) e Soatá (DF).
Na sexta-feira (27/11) ainda será realizada uma grande homenagem ao produtor e músico brasiliense Tom Capone, morto em acidente de moto em 2004, logo após deixar a festa de premiação do Grammy Latino, em Los Angeles (EUA). A abertura do tributo ficará por conta da banda brasiliense Peter Perfeito (onde Tom foi guitarrista) tocando repertório próprio. Em seguida sobem ao palco Raimundos, Tico Santa Cruz (Detonautas) e Érika Martins (ex-Penélope) cantando Legião Urbana. O encerramento do tributo será com O Rappa.
O Cerrado Virtual também oferecerá atividades ao longo do dia, como as oficinas gratuitas ministradas pelo grupo Black Spin Breakers, que aproximará o público da filosofia hip hop em aula de dança que abrange conteúdos teóricos e práticos.

Consciência Ambiental
Realizado desde 2001, o Festival Cerrado Virtual - Arte, Música e Consciência Ambiental chega à sexta edição sempre com a preocupação em unir entretenimento e consciência sócio-ambiental, chamando a atenção para o Cerrado como reserva da biosfera e para um comportamento saudável, tanto no âmbito individual quanto global. As águas brasileiras drenam para oito grandes bacias hidrográficas e, dessas, seis nascem no Cerrado, o que justifica a preocupação da organização do evento com o plantio de árvores nativas em nascentes e em parques do nosso ecossistema.
Para isso será realizada a neutralização das emissões de gases produzidos pelo evento. As emissões serão contabilizadas e compensadas por meio do plantio de uma muda de árvore para cada pagante em áreas de reflorestamento e de mananciais hídricos ameaçados, com a participação do público do evento, que será convidado para esta ação. O lixo produzido também será coletado de maneira seletiva e encaminhado para reciclagem.

FESTIVAL CERRADO VIRTUAL - Arte, Música e Consciência Ambiental
Sexta-feira e sábado, dias 27 e 28 de novembro, a partir das 19h, no elevado do estacionamento do Mané Garrincha (Eixo Monumental). Festival com mais de 30 atrações em dois palcos + tenda mix.
Dia 27/11 - Public Enemy (EUA), Tributo a Tom Capone (com Peter Perfeito, Raimundos, Tico Santa Cruz, Érika Martins e O Rappa), A Muringa (DF), Black Drawing Chalks (GO), Manjahro (DF), Tropa de Elite (DF), Raiz Tribal (SP) e Surf Sessions (DF) e os DJs Diga How, Angelo Martoell, Ice Sasaki, DJógenes, Twin Brain, Foka, Bruce Irie, A, Confronto Soundsystem, Ceah & Disko Kid.
Dia 28/11 - Marcelo D2 (RJ), Instituto (tributo a Tim Maia), Farufyno (SP), Turbo Trio (com BNegão) (RJ), Jah Live (DF), Na Lata (DF), Soatá (DF) e Roda na Banguela (DF) e os DJs Vinney, Lucho, Vega, Percussion Brothers, Glaubox, Batidão Sonoro, Viela 17, Jamaika e Maze One.
Ingressos*: R$ 20,00 (por dia) ou R$ 30,00 (passaporte para os dois dias) à venda nas lojas Mormaii (Brasília Shopping, Pontão do Lago Sul, Conjunto Nacional e Pátio Brasil) e Pizzaria Dom Bosco (Taguatinga).
Mais informações: www.festivalcerradovirtual.com.br
Classificação Indicativa: 16 anos

* Cada ingresso comprado garante o plantio de uma árvore no cerrado

Cultura & Criatividade
A Cultura & Criatividade trabalha para que a arte se desenvolva e se comunique, estimulando a transversalidade da cultura e a integração de áreas afins. Criada em 2006 pela produtora Ana Paula Peigon, é uma empresa que desenvolve seus projetos a partir de novos conceitos, como os de Indústrias Criativas e Economia da Cultura, agindo como intermediária entre artistas, público e patrocinadores.
A Cultura & Criatividade atua em ações integradas de cultura, educação, meio ambiente, esporte, turismo, desenvolvimento e saúde. Em seu quadro de colaboradores estão especialistas nas áreas de comunicação, cultura, planejamento e educação, criando formas de valorizar o conhecimento para o desenvolvimento social e promoção de qualidade nas relações humanas.
Mais informações: www.culturaecriatividade.com.br

2 comentários:

felipe disse...

black drawing chalks! perdi o show dos caras no porão , agora fiquei feliz.

Hannah Islanne disse...

Mt foda,so pela Erika Martins ja ta valendo,nunca vi nada dela ao vivo.

by TemplatesForYouTFY
SoSuechtig, Burajiru